Saturday, April 03, 2010

Foi uma conversa longa pelo telefone. Ela perdeu a mãe. E nós falamos muito de morte, de cinzas, de vontades, de dores, de vida. Eu não conhecí a morta. Mas sinto a tristeza da filha.
Post a Comment