Monday, October 14, 2013

   Finalmente vi o Shame, com o Lasanhão Michael Fassbender. E filmes costumam exercer um certo poder sobre minhas emoções, que se arrastam até muito depois do The End. Então eu hoje acordei assim: Num clima meio sufocante. Além de ter sido uma segunda-feira fria e cinzenta depois de um longo tempo de sol e temperaturas amenas. Rola um certo espanto, uma certa inadequação ao ambiente ao meu redor.
   Eu havia prometido não encher mais o saco de ninguém com meus lamentos sobre o clima. Mas ao contrário da minha muito religiosa mãe, eu nunca fui de cumprir promessas tolas.
   Chegou aquela hora em que eu olho pros meses adiante com cansaço e desânimo, porque sei que vai ser uma temporada longa, quase interminavel, de misérias. Eu gosto de frio, de neve, de casacos e luvas e cachecóis. Mas não suporto chuva. E chuva é o que sempre há por aqui nessa época do ano. E aquele céu cinza desespero. 
   Eu devia ter ido pra França, quando fugi do Patropi, ou pra Espanha colher azeitonas.
   O reino de Lilibeth anda tão chato, tão bobo, tão cínico.  Tudo tão desanimador.
Post a Comment