Friday, October 11, 2013

   Eu estou aqui, na ostra. Desde que voltei do trabalho ontem e fui pra cama  quatro da tarde. Desde então eu durmo e acordo, durmo e acordo, durmo e acordo. Semiconsciente, narcoléptico, no limbo. O quarto na penumbra, a vitrola tocando o que for(e é bom), um quase friozinho confortável. Pela manhã eu me arrastei até o supermercado pra comprar comida, arroz, carne, pão, broccoli. E voltei pra dentro daqui. Tem flores vermelhas cor de vinho na mesinha perto dos livros, que ficam ainda mais belas na pouca luz do meu quarto. Eu estou numa bolha. Ainda existe mundo lá fora?
Post a Comment