Saturday, March 23, 2013

 Acordei pro dia triste e frio. A primavera é uma lenda inventada pra salvar os inocentes do desespero. E o meu sono anda louco, durmo nas horas mais absurdas, acordo no meio da noite. Insanidade. Mas as coisas andam calmas. Rolou um Feng Shui no meu quarto, coisas mudando de lugar e coisa & tal. Não que eu acredite nessas bobagens. Eu acredito em todas as bobagens.
 
          *     *     *
 
   Cherry Coke, Biscoito, repolho, peixe, fígado de galinha, limões, porchetta, pimentões, batatas, baked beans, baguette. Fui ao supermercado, não preciso mais sair de casa. Tenho livros pra ler, música na vitrola. Posso quase ser feliz.
 
          *     *     *
 
   Fui lá embaixo jogar o lixo fora. O vizinho gostosão me apareceu de robe felpudo e pantufas. Conversa vai, conversa vem e o laço do robe do moço abriu. Oooops, tá fazendo mesmo muito frio.
 
          *     *     *
 
   Terminei de ler o Buddha In The Attic, da Julie Otsuka. Bunitinho... Tô começando o Is That A Fish In Your Ear?(Translation and the meaning of everything), do David Bellos e também relendo a biografia da Patricia Highsmith aos pedacinhos.
 
          *     *     *
 
   Café e cigarros. Agora só falta foder.
Post a Comment