Friday, January 20, 2012

A fine romance with no kisses. Bom dia, voltei. Acordei com Billie na vitrola, um nó. Dois presentes: Estômago(o filme do Marcos Jorge) e um relógio. Fiquei qual criança no Natal. Bom.  E vou viver pequenas aventuras coisas de romance vagabundo. Pensando muito seriamente em como dar uma mudada radical na vida, cansado, cansado, cansado. Da pasmaceira, da falta de grana, da falta de gente interessante no meu mundo. Vou ser exatamente quem eu sou e cagar. Mudar de casa, de ar, de estado de espírito. Fui ver a Y na segunda num pub lá em Belsize Park, cerveja, carinho, saudades, querida adorei. E que alguém, por favor, apareça com aventuras mirabolantes pra me sugerir, tô topando todas. Cortar o cabelo, pegar a calça no Dry Cleaner, pasta, meatballs, cherry coke, matar a família, ir ao cinema*. Eu quero que as pessoas gostem de mim apesar das minhas manias e loucuras. Ou exatamente por causa delas.

* Baby, baby, baby, yeah, yeah, yeah. 
Post a Comment