Saturday, October 08, 2011

Nem tudo dá certo, aliás, quase tudo dá errado nessa vida. Nada pra se lamentar ou sofrer, apenas uma certa perversa lei das probabilidades. E quando as coisas dão errado é que outras coisas acontecem e desencadeiam outras coisas novas e diferentes, inesperadas, surpreendentes e que dão certo. Porque filosofia de buteco é comigo mesmo. Eu sou o Voltaire de Niterói, o J.P.Sartre de Itapecirica da Serra, o Aristóteles bebum de Whitechapel. Porque tudo isso é mesmo fruto da birita, porque eu voltei aos copos e aos bares. Copos baratos e bares de quinta, bien sur, eu sempre fui working class até os ossos e vou fazer dos pubs fodidos do East End meu novo habitat natural, vocês não acreditariam na fauna espetacular desses cafofos e moquifos. É que eu gosto de tudo que cheira barato e vulgar, e sofro de uma curiosidade inesgotável para com a vida da chamada low life em que transito por aqui pelas vizinhanças. E a verdade é que eu sonho aventuras espetaculares, surpresas e sustos pra descongelar o sangue frio nas veias. E um certo perigo.
Post a Comment