Thursday, February 03, 2011

...umas voltinhas hoje pela tarde, Hyde Park, Serpentine, aquela brisa fria, aquele frio bom. Só porque chegou o fim de semana pra mim, um enorme alívio. Fui andar por aí, botar as idéias em uma certa ordem, as coisas em suas devidas perspectivas, tudo em seu tamanho certo pra vestir. Essa semana a minha cuca esteve all over the place, demente, retardado, os nervos todos esticados, fio elétrico desemcapado, assim na beira, na beirada, na margem, quase desintegrando. Só porque eu sou essa criatura dolorida que não segura a onda da rejeição e saí por aí, fogo de artifício. Um cansaço de mim, um enjôo, uma tristezinha chata pelas razões erradas. Eu sou um vexame. Rola um certo desespero por aqui, feridas abertas. Acontece vez por outra, monotonia, desinteresse. Eu passo a minha vida esperando. Talvez se eu fosse ler a bíblia, fazer despachos na esquina, ler o tarot,  ouvir a cigana, Lady Di, Mãe Dinah.
Post a Comment