Wednesday, January 19, 2011

   Nos últimos dias, eu me dou por muitíssimo satisfeito se consigo voltar pra casa do trabalho antes das 11 da noite. Se eu fosse me cansar, eu estaria morto de cansaço, o que não serviria pra coisa nenhuma. Por isso eu finjo que não percebo e lá vamos nós correndo por aí pela cidade que nunca foi maravilhosa.
   Rolou Mr.M de novo hoje, e gente importantíssima, porque eu adoro superlativos. Eu ia adorar sair por aí "name dropping", mas nem pensar, que eu nunca mais ia trabalhar nessa cidade.
    E cadê o inverno? Já foi?
   O tal do trabalho semi-fixo até julho já virou um inferno que não se sabe como vai acabar. As coisas sempre podem piorar, mesmo quando não se acha possível. Impressionante. E Brigitte Bardot anda me levando ao desespero e à loucura total. Coisas chatérrimas na vida.
   E também tenho dormido apenas umas 4 horas por noite, depois de drogado. Mas acordo pelas 3 da tarde nas sextas, funciona assim? Repondo o sono perdido? Claro que não.
   E beijos carinhosos  para aqueles que nem tentam.
Post a Comment