Wednesday, July 14, 2010

Muito tarde e eu sem sono de novo, porque sei que acordo cedo muito cedo demais. Então a cuca batuca e a paz desaparece. Coisas na cabeça, muitas, diversas, variadas, todas absurdas, que daqui não sai nada sensato. Caleidoscópio, labirinto, oceano bravio, o mar do Fernando Pessoa. Velas queimando lentamente, o movimento apressado do leque no ar. Noite.
Post a Comment