Saturday, July 10, 2010

Morrendo de sono e sem conseguir dormir. Porque, claro, amanhã trabalho muito cedo. Truques irritantes de uma mente transtornada. Acho tudo isso um saco. Ando jogando coisas no lixo. Tudo o que não presta, que não serve, não auxilia, não suporta, não ajuda. Jogando tudo no mar metafórico que leva pras profundezas tudo aquilo que não presta, não presta, não presta. Trabalhar no sábado tá me deixando com um humor tipo meio engraçado azêdo. Amanhã vai ser o tão proclamado fim do mundo. O inferno anda cada vez mais próximo da superfície. Ou sou eu. O inferno sou eu. Eu amo o Jakob Dylan, falei? E gosto de flores cujo nome desconheço, exóticas misteriosas & cheias de venenos. Sorvete de abacaxi, banana. Falência, bancarrota. Eu morro de rir, acho o mundo uma graça. O rei está nú no reino de Ipanema, Zona Sul, Lagoa. Os meus amigos são todos inundações & enchentes.
Post a Comment