Thursday, July 22, 2010

Eu queria ser um cara sério, que pensa sobre coisas sérias e profundas, coisas importantes, coisas úteis. Mas não adianta, eu pareço estar pra sempre condenado às coisas rasas e rasteiras. A superficialidade é uma prisão sem grades.
Post a Comment