Tuesday, June 15, 2010

Dia traumático. Que começou já muito cedo com o desaparecimento de uma chave escondida num vaso de plantas que a cia de paisagismo mudou de lugar. Um verdadeiro tumulto. Cadê cadê cadê? 7 da manhã já nessa novela de quinta categoria. Fácil não. No mais tudo assim assim muito tedioso como sempre. Eu andava excitado sem muito motivo, é que eu tenho fases, como a lua, e tenho cio como os cães, mas passou. Agora eu olho pra tudo com um certo cansaço, uma certa preguiça, uma falta de vontade. Mas nunca se sabe o que pode acontecer nos próximos momentos, ao se subir num ônibus, ao se virar uma esquina. Que me venha essa hora que faça valer tudo até aqui. Essa coisa, essa pessoa, esse fato. O acaso total que algumas pessoas chamam destino.
Post a Comment