Wednesday, May 05, 2010

Eu reclamo. Mesmo. E acho que reclamar devia estar incluído na declaração universal dos direitos do homem. Mas não reclamo à toa, é mesmo difícil existir na minha pele. Ninguém jamais chegou aos limites do razoável na descrição do melodrama de quinta em que eu habito. Eu tenho senso de humor. E entendo de sorrisos pouco sinceros, gestos treinados, olhares dissimulados. Qualquer disfarce me veste bem. "Quem me vê assim cantando, não sabe nada de mim..."
Post a Comment