Monday, December 14, 2009

Eu ando de saco meio cheio de gente "self obsessed", aquelas pessoas que vivem pra sempre numa masturbação infeliz e acreditam que suas dores são mais doloridas que as dores dos outros, que seus dramas ridículos são mais interessantes que a vida alheia e que passam a vida numa eterna e desesperada tentativa de chamar atenção ao próprio umbigo. Pois que não contem comigo, meus dramas comuns e simples já me tomam mais tempo do que seria recomendável. Os umbigos alheios não me interessam. Ou ao menos não me interessam enquanto expressão de egos doentios e perdidos e podres.
Post a Comment