Sunday, October 04, 2009

Eu fui pro cinema no Barbican assim meio desconfiado, com um pé atrás, preparado pra possibilidade de detestar. Eu não sabia nada do filme, mas tinha uma certa fé na Bruna Lombardi, um dos meus ícones dos anos 80, cujo Diadorin foi absurdo, e cujos poemas eu li e gostei. O filme da sexta tinha me deixado meio traumatizado, foi um sofrimento. Eu gosto de cinema, e sofro quando me decepciono, fico triste, irritado.
Estou feliz de ter ido. O filme da Bruna & Ricelli é delicado, cuidadoso, bem acabado e muito comovente. Bruna Lombardi sabe de roteiro. O elenco inteiro sofisticado na atuação. E o Ricelli dirigiu com uma delicadeza quase feminina. O Signo da Cidade é bom de se ver. E Eva Wilma de lésbica é uma coisa linda.
Ps. Eu saí antes do debate com o diretor e a atriz. Morro de vergonha.
Post a Comment