Saturday, October 31, 2009

Eu devo sofrer de alguma síndrome estranha e rara, que quando eu penso maçã falo abóbora, quando falo sapato da minha boca sai janela, quando digo azul falo cadeira. A minha boca é uma torre de babel, boca de esfinge pra sempre falando mistérios insolúveis.
Post a Comment