Tuesday, July 21, 2009

Acordei exausto de um sonho ruim, opressivo, claustrofóbico. O passado batendo na minha porta & tal. Assuntos e pessoas que eu achava estavam definitivamente resolvidos voltam pra me assombrar. Foi um sonho confuso. Me mudava prum apartamento enorme, velho, decorado com extremo mau gosto. E a decoração já meio despencando de velhice e poeira e sujeira e cheiros ruins. Um luxo feio, velho, decrépito. Éramos eu, ele & ela. Um eterno desconforto. Entre carpetes, piscinas e armários enormes cheios de roupas que não nos pertenciam.
No fim do sonho, eu mando tudo pro inferno e sou prontamente substituido. Como devia mesmo ser.
Post a Comment