Tuesday, December 01, 2015

   O mundo não é o East End londrino, o Brasil nunca foi Ipanema. Eu quis voltar e voltei. Tem sido bom, tenho conhecido lugares e pessoas da vida real, cidadezinhas, morros, pássaros, rios. 
   Eu ando mais calmo, meu barraco ficou pronto e bonitinho. 
  Agora começa a parte mais difícil: sobreviver. Eu ando procurando trabalho, distribuindo CVs pelos arredores. Mas o Brasil não é São Paulo ou Rio, as coisas não são tão fáceis. E eu não gostaria de voltar para aquele inferno de antes, aquela máquina de moer gente. Tenho que aprender paciência e acreditar que tudo vai dar certo, que é possível viver como se quer. 
Post a Comment