Saturday, March 02, 2013

   Eu acordei e dei uma olhada nos meus arredores: Espalhados pelo chão do meu quarto tem a Vanity Fair, o ES Magazine, o Livro sobre a China, o dicionário, a Clarice, a cueca usada de ontem, três pares de óculos, os DVDs da quarta temporada da Nurse Jackie e do Rock of Ages, a máquina fotográfica, a luminária com a lâmpada pra ser trocada, klenex, os restos de um pacote de biscoito. Sobre o radiador do aquecimento tem um par de meias secando. Sobre a cama, embaixo das cobertas, há relógio, anéis, fitas adesivas, o controle remoto, a mochila preta. Eu vivo assim nos ultimos dias. Acho coisas absurdas sob os travesseiros, cadernos, folhas de papel, cadarços de sapato. Tudo muito caótico. Mas não consigo deixar de achar um certo charme nisso tudo. Bom viver como se é.
Post a Comment