Friday, February 15, 2013

   Eu devo parecer um chato. Por insistir em bater na mesma tecla. 
   O Rio de Janeiro virou uma metrópole internacional, o novo El Dorado, uma Los Angeles Tupiniquim, destino mais popular do planeta, com preços condizentes com o mesmo status. Orgulho nacional, cheia de gente civilizada, moderna e liberal, símbolo de um Brasil que deu certo, não é mesmo?
   Mas enquanto houver bicha sendo espancada pela polícia em Ipanema em pleno carnaval, nem adianta querer ser cosmopolita. Não adianta paisagem, reformas, favelas pacificadas, transporte melhor, hoteis de luxo e infraestrutura quando os principios mais básicos de civilização são trocados pela simples e irracional barbárie.
   Vergonha, vexame e atraso. É tudo o que sobra desse verniz de qualidade duvidosa.
Post a Comment