Saturday, January 19, 2013

   Eu não acho que Zezé Polessa tenha assassinado ninguém. E de qualquer modo jamais saberemos qual foi o barraco.
  Difícil mesmo de engolir é esse tipo de atitude, que parece ainda ser comum no Brasil, de se tratar os chamados subalternos em geral de maneira tão patética. Parece que algumas pessoas pensam ainda viver tempos de sinházinhas & mucamas. Em sociedades civilizadas, minha gente, motoristas, atrizes de novela, marceneiros e arquitetos são todos considerados e tratados como iguais. O resto é vexame.
  Dei uma sacaneada legal na Myriam Rios. Porque ela anda merecendo com esses discursos homofóbicos e carolas. E perigosos. Mas só pra que ninguém entenda errado: Não acho nem nunca achei que posar pelada fosse pecado ou crime. Alguns chegam mesmo a argumentar que é feminismo. E exibir a perereca públicamente não faz de ninguém imbecil.
   Mas no caso da ex-mocinha em questão soa um tanto quanto hipócrita essa carolice toda.
Post a Comment