Friday, July 13, 2012

   Outra manhã perdida no consulado brasileiro. Claro que não adiantou nada. Eu tento manter a calma e não me estressar, mas é difícil. Lá vou eu de volta na segunda. A situação chega a ser surrealista. Era pra eu estar excitado e feliz com as férias chegando, não vai rolar. Obrigado a todas as criaturas de boa vontade envolvidas. Cruzes.
   Apenas quatro dias de trabalho antes de viajar. Tô correndo feito galinha sem cabeça, mal consigo me concentrar em coisas alguma. Vontade louca de me embebedar de caipirinhas.
   E aqui em casa, Josephine recebe um casal da Nova Zelândia e a Duquesa um amigo de São Paulo. Hotel Dos Insanos, bom dia!
   Comprei cuecas e meias, que afinal de contas precisa-se de um certo glamour nos trópicos. E uma calça verde tão barata que nem vou dormir, culpado com os trabalhadores chineses que provavelmente vivem em semi- escravidão(a reforma ortográfica que vá pro inferno) pra que eu me vista. Tento me justificar com a minha pobreza. Mas não me convenço.
Post a Comment