Saturday, April 30, 2011

Eu acordei cedo pra assistir ao casamento na TV, que eu liguei pela primeira vez em meses. Não que eu ligue pra família real ou pra monarquia inglesa. Mas adoro todo o ceremonial, a pompa, o conto de fada que os ingleses são absolutamente geniais ao orquestrar. O vestido da noiva arrasou e deu uma força pra moda inglesa que anda bem precisada nesses tempos dificeis. Tudo muito bonito e bem executado e até mesmo um certo ar intimista e relaxado na cerimônia e um ar super romântico entre os noivos, que parecia ser sincero e honesto ou sou eu que compro qualquer conto de fada barato? Nem precisam responder... Victoria Beckam? Elton? Tara PT? Francamente eu sou mais a Joss Stone que tava bem bonitinha. Tudo certo, tudo bonito e a popularidade da monarquia subindo feito balão. Supermegasoapopera. E Lilibeth vestida de gema de ovo? Coisa linda.
E depois da TV eu fui pra ruas ver as festas. A cidade inteira celebrando, gente fantasiada, gente com bandeiras, todos se divertindo horrores. Eu adoro essas coisas assim bem populares, alegres, barulhentas, vulgares, eu nunca sequer fingi ser cool minha gente, francamente. Lá fui eu pra rua, pros braços do povo. Os Parques todos lotados, as ruas cheias, centenas de milhares. Voltei exausto, mas com os olhos ainda cheios de todo o colorido. Até a chuva, que estava prevista com hora marcada, resolveu não aparecer pra atrapalhar. Pra quem quiser tem umas fotos no meu flickR ali do lado.

Ps. As minhas fotos são bem ruinzinhas, mas eu adoro.
Post a Comment