Wednesday, March 16, 2011

Eu desistí de fazer planos na vida, whatever. E levo sustos toda hora, o que também pode ser bom, ou não.  E devo confessar um certo pânico síndrome Japão, tristeza grande. O ser humano vou te contar... E a tal da mãe natureza algumas vezes é desnaturada e cruel, madrasta. Eu vou me sentindo cada vez mais vulnerável, mais exposto, mais contaminado. Da feiúra do que é a vida nesse mundo, das misérias, das dores todas, todos os medos. É dificil abraçar o caos.
Post a Comment