Sunday, January 16, 2011

Um dia de bobagens, de nada acontecer, Domingo. E eu acordei lá pelas 3 da tarde já me sentindo culpado e sem saco. É nada não, apenas mais um dia assim. Comi feito louco, só. E fico por aqui na minha nuvem de fumaça colorida, esperando a hora de descer. A semana vai ser daquelas de se correr de um lado pro outro, o desespero. Meu ipod adquiriu personalidade própria e anda tentando me mudar os gostos, francamente... 2011 começando assim enigmático, cheio de mistérios, segredos. Eu gosto. De mistérios e segredos. E de uma certa perversão. Enfim, too much information as always. Eu me acho engraçado, mas sei que devo parecer patético. Uma questão de ponto de vista, e o meu ponto de vista é exatamente aquele que me cega o olho. Falei? O Rock and Roll anda tão tristinho, tão fora de moda, tão desmoralizado. Outro dia me lembrei dos perfumes inebriantes da Turquia, aquela pele, aquele toque e aquele olho de Chico Buarque quando jovem. E ainda existe aquele nome que não me deixa a mente, Sherazade,  Ali Baba,  flor de Patchoulí.
Post a Comment