Saturday, November 27, 2010

 Isso aqui também é o meu querido diário. Mesmo. Porque eu nunca mantive um antes e estou adorando, portanto, quem não suportar pode pular, passar direto. Tá tudo muitíssimo limpo. Isso aqui nunca foi terrívelmente sério mesmo.
   O sábado tá sendo assim um tédio só, depois de eu ter ido pra cama pelas 6 da manhã, porque consegui a proeza de apagar tudo do meu ipod, e sem meu ipod com todas as suas canções eu não fico, a minha vida perde o sentido. Tudo menos a surdez. Por isso foi uma maratona noite adentro pra colocar todas as 9.367 canções de volta, com  todos os detalhes, cotações, capas etc... Depois eu me irrito se meus amigos se preocupam com minha sanidade.
   E fui pra cama sonhar com a neve prometida pela meteorologia, apenas pra acordar pro desapontamento. Eu tinha planejado assistir a neve da janela, com chá e biscoitos, um dos meus passatempos favoritos. Ainda sou, e acho que sempre vou ser, uma criatura tropical boquiaberta com as coisas do frio. Neve eu acho absolutamente deslumbrante, fico louco, viro criança, quero ir pra rua fazer bolas, homens de neve, ser feliz. O inverno pra mim é verão quando os dias são claros, brilhantes e ensolarados. Assim como hoje. Quando for pra cama hoje, quero sonhar com neve, reinos encantados de contos-de fadas, pinheiros gigantes, esquilos e alces. Vou dormir sonhando acordar pra assistir a neve.
Post a Comment