Wednesday, October 06, 2010

A noite é um perigoso país estrangeiro, onde as regras e os mandamentos da vida cotidiana diurna são abolidos. A noite é um pais estrangeiro de  geografia desconhecida e cheio de penhascos e precipícios, onde muitos se perderam pra nunca mais voltar, terra de fantasmas e sombras, desejos irreprimíveis, violência e caos. Na noite dos sonhos e pesadelos, toda fantasia é possível, todo crime pode ficar impune, todas as vergonhas expulsas pro exílio. A terra dos sonhos e da escuridão é um lugar pra todas as dores, todos os amores, todos os absurdos inimagináveis em circunstâncias normais. A terra noite não exige passaporte ou identidade, não pede documento e não garante a segurança dos seus cidadãos. São muitos os perigos da noite. E ao mesmo tempo não existem prisões, limites, fronteiras ou gosto. Na noite somos todos imigrantes ilegais tentando passar despercebidos andando pelas sombras, pelos cantos, sob a superfície. São muitos os mistérios da escuridão.
Post a Comment