Tuesday, October 26, 2010

E eu tenho cá minhas superstições, embora eu as deteste e abomine. Elas são mais fortes que eu, herança de uma raça de gente cheia de medos e assombros. Eu não acredito nelas, mas seus rituais e cerimônias viajam pelas minhas veias, artérias, me atravessam a carne e me fazem submeter ao que de pior meus antepassados podiam ter me dado.
Post a Comment