Saturday, September 18, 2010

Eu já fui uma criatura muito moralista e orgulhosa. Cheio de regras, mandamentos, mapas. Eu era uma pessoa ridícula. E me odiava demais. Agora ando perdendo toda moral, todo escrúpulo, toda regra, mandamento. Eu não julgo mais e detesto gente que o faz. Acho regras uma babaquice idiota. E julgar os outros de uma mediocridade imbecil. Toda moral é pequena e mesquinha e só serve mesmo pra satisfazer a perversão trêmula, molhada e triste dos frustrados.
Post a Comment