Saturday, July 24, 2010

Credo os dias andam tumultuados. Eu corro e corro e corro sem chegar jamais em lugar algum. E não é esse mesmo o segredo da existência humana nesse planeta que ferve? Nem adianta, galera, nada faz sentido, nada vale a pena. A gente anda, anda, anda, cada um com seu caminho sempre mais tortuoso e dolorido que o dos outros, e todos sem perceber andamos na mesma direção. Nada faz sentido, nada, nada, nada. Eu tento me educar, melhorar na vida, ser uma criatura melhor. No fundo a gente só quer mesmo é ser feliz. Essa mania irracional de sonhar o impossível.
Post a Comment