Saturday, July 17, 2010

Chegando do Royal Festival Hall, onde fui ver Dona Bethânia. Absolutamente perfeito, o que em se tratando de Bethânia é sempre muito subjetivo. Eu me estressei só um pouquinho com o comportamento de uma parte da platéia, mas nem vou comentar, porque nem vale a pena blá... No mais tudo muito tumultuado, 9 da manhã e eu já estava lá nos cafundós de Farnborough, verdadeira calamidade. E amanhã tem muito mais, fico por lá até a quinta-feira, com o risco de me prolongar até o sábado(eu não mereço). Tô com os dedos cruzados pra não ter que ficar nem mesmo um segundo além do necessário, tudo um saco. Tô levando meu laptop mas não sei se vou ter tempo de baixar por aqui, se eu desaparecer que ninguém se assuste, fui ali e volto já etc... Fazer mala deve ter sido invenção do capêta! A minha vida precisa de algum sentido urgente, alguma razão, algum motivo. Mesmo que seja absurdo, mas que não seja mentira. Eu sofro de uma incompetência cronica de viver na realidade, "no balão mágico o mundo fica bem mais divertido." Eu ando muito estranho.
Post a Comment